Somenoise’s Weblog

Just another WordPress.com weblog

Jimmy Cliff – The EMI Years 1973-1975 março 11, 2008

Filed under: 70's,reggae — somenoise @ 7:44 pm

FÁCIL um dos 3 ou 4 maiores talentos da música Jamaicana. Quem dera essa “cena” reggueira do Brasil olhasse mais pra ele do que pro Bob… nada contra a música rasta ou contra os músicos rastas (bob incluso), que também tem sons fodas e etc, mas é muito limitada, sinceramente… tanto em influências quanto em temas, e daí quando chega aqui no Brasil o negócio fica mais diluído e caído ainda. Daí o que acontece? A música jamaicana tem essa imagem distorcida que a gente vê por ae…

Jimmy não era assim! Pelo menos não entre os anos de 1973 e 1975, heheh. ele passeia por todo tipo de sonoridade de música negra possível de uma forma impressionante… vc quase não sente o barco te levando pelos mais variados estilos, sejam caribenhos, norte-americanos, ou até mesmo os elementos africanos do roots… jimmy bebe de todas as fontes e as domina como poucos!

Fundamental Reggay é de cagar na roupa!

*seria bizarro botar todas as tags que esse disco merece (reggae, early reggae, ska, rocksteady, roots reggae, soul, upbeat, rhythm & blues, calypso, boogie woogie, etc, etc) então fica só reggae ae

1.: Born To Win

2.: On My Life

3.: Fundamental Reggay

4.: Under The Sun Moon And Stars

5.: Oh Jamaica

6.: Money Version

7.: Black Queen

8.: Be True

9.: Price Of Peace

10.: I See The Light

11.: You Can’t Be Wrong And Get Right

12.: Foolish Pride

13.: I’ve Been Dead 400 Years

14.: Look What You Done To My Life Devil Woman

15.: Music Maker

16.: Every Tub

17.: Don’t Let It Die

18.: Actions Speak Louder Than Words

19.: Million Teardrops

20.: Save A Little Loving
Download

Anúncios
 

6 Responses to “Jimmy Cliff – The EMI Years 1973-1975”

  1. canhota Says:

    Realmente vale a pena fazer um esforço mental pra esquecer que este é o mesmo homem FACEIRO que cometeu REGGAE NIGHT (“we come together when the feeling´s right”).

    Fez grandes músicas.

  2. Luiz de Marco Says:

    ah.. mas quase todos esses grandes artistas do terceiro mundo se perderam depois dos anos 80… sejam brasileiros, africanos, caribenhos…

  3. somenoise Says:

    até gostei e tal, mas não abalou meu coração não hahahaha

  4. Luiz de Marco Says:

    cara, sei lá… é que assim, é um disco bem fácil, claro, pq era de um dos principais artistas da Jamaica, conhecido do mercado norte-americano, etc… mas pra quem tá bem inserido já em música jamaicana tem uma visão um pouco diferente.. oq impressiona é que o jimmy cliff parece que arredonda várias arestas que os outros músicos jamaicanos costumam deixar, fora esse lance de agregar várias coisas tudo numa mesma música. era normal os jamaica doido lá gravar varios estilos de som, mas dificilmente misturavam as coisas numa mesma música, ou quando misturavam, era de uma forma mais grosseira, sei lá.

    enfim…

  5. zerocoolf Says:

    Eu tenho muito medo.
    Medo!

  6. Luiz de Marco Says:

    zero, vc ouve soul brega e tem medo de jimmy cliff? porra… hahahahah


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s